sábado, 20 de setembro de 2014

O que é um "troll"?

"Não é nada assim como dizem! (Ou,
se é, então mudemos já de assunto...)"
Não é que este blogue tenho sido um alvo significativo deste tipo de fenómeno... Mas, se alguém, algum dia, quiser explicar a outras pessoas, num qualquer outro blogue que esteja a ser alvo deste tipo de ataques e criaturas, o que isto é e se se quiser poupar ao trabalho de ter de estar a escrever uma explicação algo extensa sobre o assunto... Fica aqui esta colocação feita, para a qual apenas terão de deixar a hiperligação.
E, assim sendo, segue-se então um breve resumo, que publiquei como comentário há uns tempos atrás, num outro blogue.
Ao qual aproveito para acrescentar que - para quem não quiser, tal como eu sugiro no final do comentário, colocar alguma espécie de "filtro" para os comentários na sua publicação - a melhor maneira de lidar com este tipo de criaturas, é simplesmente ignorá-las... Pois, se "morderem o isco", respondendo às mesmas, isso só faz com que elas se agarrem ainda mais à pessoa que têm como alvo e faz com que, muitas das vezes, se cumpra o objectivo de desviar a atenção do assunto original que estava a ser debatido...

A Internet está cheia de "trolls", ao serviço do poder estabelecido, cuja missão é andar em tudo o que são sítios na Internet, onde ocorrem discussões sobre assuntos políticos importantes, com objectivo de:

1) Tentar descredibilizar/desacreditar/ridicularizar quem denuncia coisas incómodas (incluindo jornalistas verdadeiramente independentes, que tanto denunciam os "podres" da UE, como os da Rússia, ou de quaisquer outros interesses que devam ser denunciados) - nomeadamente, tentando-se fazer passar por uma dessas mesmas pessoas que denunciam coisas importantes (vejam aqui um exemplo do que fizeram a um jornalista português e vejam aqui as provas de que há pessoas que são pagas pelo poder estabelecido para andar a fazer isto mesmo).

2) Sabotar as discussões/denúncias que ocorrem, tentando desviar o assunto dessas mesmas discussões, ou tentando provocar quem denuncia tais coisas incómodas, para que essas mesmas pessoas percam o controlo - e, possivel e consequentemente, a razão.

3) E lançar a confusão, sobre esse tipo de assuntos/denúncias importantes, emitindo desinformação, misturada com informação genuína.

Podem ver aqui, as mais recentes provas de que tudo isto é um facto.

E, podem ler mais sobre isto, na lista de hiperligações que se segue.

http://www.activistpost.com/2014/02/yes-there-are-paid-government-trolls-on.html
http://www.infowars.com/pentagon-armies-of-paid-trolls/
http://www.prisonplanet.com/obama-information-czar-outlined-plan-for-government-to-infiltrate-conspiracy-groups.html
http://www.danielestulin.com/2012/02/03/facebook-y-sus-conexiones-con-cia-y-darpa/#comment-18705

Se se fartarem dos "anónimos", ou de pessoas que assinam com nomes que ninguém conhece de lado nenhum, podem sempre apenas permitir a colocação de comentários de pessoas que tenham uma conta criada na Blogger. (É muito simples de o fazer, nas opções de configuração dos blogues. E, é também muito simples e rápido, para alguém que queira comentar em blogues, criar uma conta na Blogger.)

2 comentários:

  1. P.S. - Uma das maneiras de topar um "troll", é quando a criatura em causa manifesta um grande conhecimento do assunto - mas, ao mesmo tempo, tenta constantemente desacreditá-lo. Pois, pessoas normais não perdem tanto tempo a ler sobre coisas que consideram ridículas. E, muito menos, tanto tempo a debater com pessoas que falam sobre assuntos que, supostamente, são ridículos. (Aproveitando antes o seu tempo livre, para outras coisas que consideram melhores...)

    ResponderEliminar
  2. Agora percebo porque desconfiaste de mim!

    Mas já tinhamos falado antes, só que não te deves lembrar.

    Eu não estou registado em bloggers, sou quase anti-registos, estava registado apenas num blog que já cessou e no qual também eras frequentador.

    E não sou nenhum troll... partilho as tuas investigações, mas mais virado para outra area, e concordo com a maior parte do que postas aqui, porque é a verdade.
    Apenas não estou registado em lado nenhum!

    Anon nº1 / NP

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.