sábado, 10 de setembro de 2011

Quem de tudo isto já sabe

Muita gente. Mesmo muita gente.
E, para além de quase tudo o que são activistas políticos por este mundo fora, são também já cada vez mais as pessoas conhecidas que o dizem publicamente - [1] [2] [3] [4].
Existem também já altos funcionários governamentais dos EUA e Reino Unido (não implicados nesta história) que se atrevem a dizê-lo publicamente - [1] [2] [3] [4].
E de entre outras pessoas com relevância política, e muito mais conhecidas, posso mencionar:
Para além de quem tem estudado e exposto isto a título individual, é de assinalar também a existência de vários grupos nos EUA.
E é também importante referir que existem membros de famílias das vítimas dos atentados que estão a fazer campanha pela verdade sobre os ataques.
O vídeo que se segue não é um mero vídeo colocado no YouTube. É um anúncio que vai tentar ser passado amanhã, num canal de televisão da área metropolitana da cidade de Nova Iorque, agora que se assinala o 10º aniversário dos ataques.

3 comentários:

  1. Reparem na ironia...
    Se consultarem a página dos "Actores & Artistas pela Verdade Sobre o 11/9", poderão constatar que o actor Woody Harrelson é um dos membros.
    Woody Harrelson é filho de Charles Harrelson, um assassino profissional que se gabava de ter sido uma das pessoas que matou John F. Kennedy...

    ResponderEliminar
  2. A verdade sobre o Iraque e outras guerras. Vejam pois a vímeo já retirou a versão inglesa. Contem muitas verdades!

    ResponderEliminar
  3. (traduzione portoghese...)

    "Desde círculos vizinhos ao Palazzo Chigi, centro nevrálgico da direcção dos serviços secretos italianos, faz-se notar que a não-autenticidade do vídeo é testemunhada pelo facto de Osama bin Laden ter nele 'confessado' que a al-Qaeda foi a autora do atentado de 11 de Setembro às duas torres em Nova Iorque, quando todos os círculos democráticos da América e da Europa, com o centro-esquerda italiano na linha da frente, sabem agora bem que o desastroso atentado foi planeado e executado pela CIA americana e pela Mossad com a ajuda do mundo sionista para colocar sob acusação os países árabes e para induzir as potências ocidentais a intervir no Iraque e no Afeganistão."
    --- Francesco Cossiga, ex-Presidente da República italiana, ao jornal Corriere della Sera a 30 de Novembro de 2007

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.