quinta-feira, 30 de junho de 2011

O que os média não vos mostram sobre as manifestações na Grécia

Validando o que disse, há uns dias, noutro blogue, reparem nos interessantes personagens de cara tapada a largar barras de ferro e a caminhar na direcção da polícia, sem que esta lhes faça alguma coisa...



Junte-se a estes personagens um considerável grupo de pessoas com a mesma mentalidade que as claques dos clubes de futebol e temos a receita para mais uma manifestação abortada...
Mas reparem que há quem não goste mesmo nada (veja-se este vídeo, a partir dos 4 minutos) deste tipo de gente e do facto destes grupos repetidamente providenciarem o pretexto para que a polícia reprima todos quantos participam nestas manifestações.
Vejam também o mesmo tipo de personagens a serem apanhados e denunciados numa televisão local, há três anos.
E se quiserem um outro exemplo, quase hilariante, deste tipo de fenómeno, a ocorrer noutro país, vejam também este vídeo e a confirmação, por parte das autoridades, do que nele é denunciado.

7 comentários:

  1. Eu penso que o próprio Estado Policial coloca os violentos nas ruas para destabilizar, como se pode ver aqui também: http://www.youtube.com/watch?v=fyFC5kcXVec&feature=player_embedded. Será que estou errada?! Penso que os capitalistas querem uma Grande Guerra a todo o custo...

    ResponderEliminar
  2. A mobilização Anti-Nova Ordem Mundial começou com a Grécia. Espero que resistam ao roubo! Vivam os gregos.

    ResponderEliminar
  3. Fada do bosque,

    Bom vídeo, esse que partilha.
    Não, não está nada errada. Isto é uma táctica frequentemente usada pela polícia. E toda a gente que vai a manifestações sabe disto.
    E isto, já para não falar em situações - em que eu próprio também estive - em que a polícia nem se dá ao trabalho de arranjar um pretexto e simplesmente começa a carregar sobre as pessoas, sem que nada antes tenha acontecido.
    Para quem já está "acordado" e activamente a lutar contra o sistema, já não vale a pena continuar a usar a máscara e insistir na propaganda governamental e do status quo de que a polícia existe para os proteger.
    Para estas pessoas que sabem já que interesses é que a polícia realmente defende, a única maneira que resta de tentar controlá-las e impedir que estas lutem é o recurso à repressão pura e simples. Arranjar pretextos para poder agredi-las e tentar, de algum modo, instilar o medo, usando-o como arma de intimidação, submissão e controlo.
    Eu sei de vários casos de pessoas que, depois de experiências deste tipo, ficaram com medo de ir a manifestações...

    ResponderEliminar
  4. Vivam os gregos que lutam de modo inteligente e que tentam avançar com boas soluções.

    ResponderEliminar
  5. Pois é Fernando Negro... eu não quero ser pessimista, mas pelo andamento das coisas e quanto a manifestações, já pouco falta para estarmos como estes... nós europeus ocidentais, claro.

    ResponderEliminar
  6. Boas ligações de videos feitas aqui. Penso que o que está a faltar é a organização de pessoas com o tipo de informação que nós temos para divulgarem de uma forma mais eficaz este tipo de conhecimento.

    ResponderEliminar
  7. O Brasil está a beira de uma guerra civil, eu vi gente revoltada quando viu as imagens daquele cinegrafista atingido por um rojão no Rio.Vocês não acham que essa é a gota da aguá? O povo não aguenta mais e explode!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.